FETAM logo

Imprimir

FETAM presta apoio ato público do servidores de Tomar do Geru

Trabalhadores e trabalhadoras do serviço público municipal de Tomar do Geru ocuparam as ruas nesta quinta-feira, 22, para cobrar o pagamento da segunda parcela do 13 salário do ano de 2018. A FETAM Sergipe foi representada pelo diretor de política sindical da entidade e presidente do SINDILUZI, Joaquim Silveira.

Organizado pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Tomar do Geru (Sindiserge), filiado à Federação dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal (FETAM) e à Central Única dos Trabalhadores (CUT/SE), o ato reuniu, além de trabalhadores de Tomar do Geru, militantes sindicais de outros municípios. Os manifestantes se concentraram no início da manhã na sede do Sindiserge e seguiram em marcha, percorrendo as principais ruas de Tomar do Geru com destino à praça Getúlio Vargas, em frente à Câmara de Vereadores.

A categoria havia firmado acordo com a gestão municipal em dezembro do ano passado. “Alegando falta de recursos, o prefeito Pedrinho Balbino propôs um acordo com nos servidores públicos municipais para efetuar o pagamento do 13 em duas parcelas: a primeira ainda em dezembro e a segunda em julho deste ano. Porém, o gestor não cumpriu o acordo, e servidores de diversas categorias estão sem a segunda parcela do 13”, explica Juarez Santos Nascimento, presidente do Sindisenge.

Para o representante da FETAM, o descumprimento representa um desrespeito aos servidores públicos. “Também nos preocupamos porque já está ficando próximo o período do pagamento do 13 deste ano e o gestor sequer pagou o valor integral referente ao ano de 2018. É lamentável”, avaliou Joaquim Alves, ao lembrar que o 13 é um direito constitucional garantido a todos os trabalhadores e trabalhadoras.