FETAM logo

Imprimir

Ciclo de debates: Pensar Sergipe e o Sertão promovido pelo Fórum de Mulheres de Glória é marcado pela participação popular

 

O Fórum de Mulheres Glorienses (FMG) e a Prefeitura Municipal de Nossa Senhora da Glória realizaram nesta segunda-feira, 23, o Ciclo de Debates: Pensar Sergipe e o Sertão, com a presença da Vice-Governadora de Sergipe, Eliane Aquino, do professor da Universidade Tiradentes Ricardo Mascarello, da professora da Universidade Federal de Sergipe (UFS), campus sertão, Patricia Rosalba, e do também professor da UFS Antenor de Oliveira Aguiar Netto.

A coordenadora do Fórum de Mulheres Glorienses, Itanamara Guedes, explicou que o objetivo do evento é discutir questões relacionadas ao desenvolvimento econômico, social e cultural de Sergipe, do território do sertão sergipano e de Glória, abordando as suas características e debatendo sobre as potencialidades e desafios regionais. "Esse é um espaço de reflexão e construção de propostas que possam impulsionar o desenvolvimento humano de nossa cidade", apontou Guedes.

A vice-governadora de Sergipe, Eliane Aquino Custódio, falou sobre as potencialidades da região e do trabalho do Estado para explorar essas potencialidades e solucionar os principais problemas enfrentados pelos municípios. “Quero parabenizar o fórum de Mulheres pela organização desse evento. Precisamos de mais espaços de debates como este, em que a sociedade civil e o poder público dialogam para juntos construir alternativas para melhorar a vida do povo”, avaliou Aquino.

O Professor do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Tiradentes e Diretor do Programa Aracaju Inteligente, Humana e Criativa da Prefeitura Municipal de Aracaju, Ricardo Mascarello, abordou em seu discurso a importância do planejamento urbano com a participação do povo para construção de uma cidade planejada e humana.

Já o professor da UFS e coordenador do grupo de pesquisa ACQUA e dos Projetos Opará: Águas do rio São Francisco e Azahar: Flor de Laranjeiras, Antenor Aguiar, enfatizou a importância e o poder do Rio São Francisco para o desenvolvimento de Sergipe e da região do sertão, bem como apresentou alternativas de produção agrícola sustentável com a utilização de filtros, que proporciona a reutilização da água usada nas residências para a irrigação das plantações.

Outro aspecto destacado durante o debate foi a questão da violência contra à mulher na região. A professora da UFS e coordebadora do grupo de pesquisa Xique/Xique, Patrícia Rosalba, apresentou os dados da pesquisa sobre violência doméstica contra a mulher envolvendo os municípios de Nossa Senhora da Glória e Poço Redondo e apontou a necessidade de ampliar a rede de atendimento e a proteção social às mulheres na região.

O evento contou com a participação das mulheres, dos/as servidores/as municipais, professores/as, diretores/as de escolas, estudantes, dos grupos de idosos dos CRAS Centro e Cohab. Ainda estiveram presentes a Coordenadora Geral do Sindiserve Glória Renata Oliveira, o Prefeito Chico do Correio, a vice-prefeita Adriana Marisa, os/as secretários/as Municipais Ancledson Alves, Rosivânia Andrade, Maisa Feitosa, Djalci Aragão, Terino Lima, Lenaldo Leite, a Coordenadora Municipal de Políticas para Mulheres Maria do Carmo, os/as vereadores/as Flávio do PT, Astrogildo Soares, Luís Carlos de Almeida, Maraysa Dantas, Maria José e Maria Ivani Nunes, a representante da DR'9 Ana Celma, e os/as assessores/as da vice-governadoria Sílvio Santos e Eloísa Galdino.

 

Foto: Kátia Azevedo / Projeto Opará